Depressão não é fraqueza, Boninho

Tamires é uma mulher amável, mãe e simpática. Dentro da casa do Big Brother Brasil 15, não tinha inimigos, todo mundo gostava dela. Mas as coisas passaram a desandar quando Tamires passou a demonstrar que possui distúrbios alimentares.

tamires-bbb-15

Era frequente Tamires ficar nervosa, comer compulsivamente e depois passar mal. A crise de choro era certa, a participante se sentia culpada e frustrada por não conseguir superar sozinha o distúrbio. O ritual passou a ser frequente e Tamires ficou com a fama de chorona.

Poucos brothers entenderam a gravidade dos problemas que Tamires enfrentava. Alguns tiravam sarro na frente da moça. Luan se tornou uma espécie de fiscal da boca alheia, sabia quantas vezes Tamires havia repetido as refeições e contava isso para os amigos. Na realidade, Luan é o grande fiscal das mulheres na atual edição do programa. Além de controlar a boca de Tamires, sabia quantas vezes Amanda olhou para Fernando. A única coisa que o brother não sabe fazer é controlar a própria língua.

O desespero de Tamires aumentou após a festa na madrugada de sexta-feira (6). Bêbado, Rafael investiu na participante. Insistiu no beijo, Tamires ponderou, fugiu, mas acabou beijando o rapaz que até dias anteriores estava num relacionamento com Talita, que saiu na última terça-feira (3).

O dia seguinte não foi só de ressaca, mas de culpa. Rafael, que não lembrava de nada do que aconteceu, ficou sabendo por outro participante que flertou com Tamires. Na conversa para confirmar o que rolou na noite anterior, o rapaz deu a entender que a culpa era de Tamires, que foi até o quarto onde ele estava deitado.

Tamires reclamou do que o brother disse a ela, e com o passar do tempo começou a ficar preocupada com o que pensariam do ocorrido. Ciente de que a culpa é sempre atribuída à mulher quando um homem trai sua parceira, Tamires ficou abalada. As crises de choro passaram a ocorrer com maior frequência, até que na madrugada do domingo (8) ameaçou se matar com uma faca caso não conseguisse sair do programa.  Após testar se a porta da casa estava realmente fechada, a jovem desabafou: “Não aguento mais, estou desesperada”.

O desespero ficou mais forte, Tamires disse que perdeu totalmente suas forças, arrumou a mala e se dirigiu ao confessionário ainda na tarde de domingo (8). Algum tempo após sua desistência, a voz de Boninho avisou que sair do Big Brother Brasil é fácil, e acrescentou que “quem sai é desistente, é perdedor. Quem foi eliminado lutou até o final. […] Quem quiser sair é super simples. É só colocar a malinha lá no confessionário e pum, morreu pra gente. […] Quem quiser sair, nenhum problema. Se a gente quiser colocar outra pessoa na casa também é fácil. A gente tem um bilhão de pessoas que querem entrar. Pensem nisso”.

Diferentemente do que afirma o diretor do programa, Tamires não é fraca. É uma mulher que enfrenta uma sociedade machista que impõe constantemente às mulheres um padrão de beleza cruel. Tamires não é fraca, resiste ao controle extremo de sua sexualidade e ao desafio constante de ser mulher. Não há problema nenhum em pedir para sair e cuidar de sua saúde.

Infelizmente, na nossa cultura machista acredita-se que apenas homens são fortes, não se quebram, não se abatem e não choram. Uma das coisas mais comuns que se ouve na psiquiatria, que homens costumam dizer, é que os problemas psiquiátricos, principalmente a depressão, são sinais de fraqueza.

A atitude da produção do reality show não é nenhuma surpresa, mas no Dia Internacional da Mulher, o Big Brother Brasil mostrou porque a data não é de festa. Tamires, vem cá, do lado de fora tem um montão de mulheres prontas para te abraçar.

Gostou do texto? Curta o Que nega é essa? no Facebook aqui.

FacebookTwitterPinterest