Todo preto não é igual

Confie em mim, todo negro não é igual não. Até deve ser legal ter uma família gigante, mas aquele negão do outro lado da piscina não é meu pai não. Meu pai é um homem branco e magricelo. Ah vá, não faz essa cara de surpresa que já está ficando feio. A gente pode voltar pro jogo de polo aquático? Vamos focar no sol que dança, na piscina, na criança com o joelho ralado logo ali e no gol que vou fazer agora enquanto você se pergunta se a garotinha de nove anos é minha irmã.

469953_354398811257284_1827163776_o

Foto: Aline Ramos

Ela é bem esperta mesmo, sabe jogar futebol melhor que seu filho que acha que joga no Manchester, mas não sabe dar um passo sem que você aprove. Eu adoraria que essa garotinha com o sorriso tão largo e de uma força tão convicta fosse minha irmã mais nova. Mas não é não. Ela é filha daquele senhor simpático brincando com a outra filha pequena no colo.

Sabe o que eu queria de verdade, que você parasse de perguntar quem é meu parente e quem não é. Mas você não vai parar né? Parece tão estranho ter negros na piscina de um clube que não seja limpando para você nadar? É tão estranho que eu não esteja na cozinha fritando batata frita pra você curtir o domingo com o filhão? Olha, amigo, eu não sei qual é a tua, mas esse papo tá chato demais. Eu só queria dar um mergulho, me refrescar, mas você tem que me aporrinhar.

Tá vendo só, ao menos eu faço gols em você. Aqueles dois garotos adolescentes disseram que vão entrar no time também. Não, não, você não está abrindo a boca para dizer isso novamente, está? Eles não são meus irmãos. Olha, pra mim já deu, vou ali chupar um sorvete, porque você parece não merecer o verão.

FacebookTwitterPinterest